Sua nota para: Débora Falabella


O nome completo de Débora Falabella é  Débora Lima Falabella. Ela nasceu em 22 de fevereiro de 1979, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.Seu pai é Rogério Falabella e tem uma irmã Cyntia Falabella. Ela é casada com o músico Eduardo Hyoilitho.

Aos doze anos já trabalhava em teatro amador, em sua cidade natal.E aos quinze , já participou de teatro profissional. Foi  quando fez a peça:”Flits”, de Ziraldo. Logo perceberam que estavam  diante de uma verdadeira atriz Débora  estudou então teatro, mas entrou para a faculdade de publicidade, onde ficou por pouco mais de um ano. Então  foi  para o  Rio  de Janeiro e fez um teste na Rede Globo de Televisão. Logo obteve uma vaga na novela juvenil :”Malhação, onde ficou por apenas seis meses, pois não se ambientou. 

A atriz voltou para Belo Horizonte e atuou em peças de teatro. Mas a Globo a chamou e ela fez alguns capítulos do seriado :”Mulher”. Em 1999 a 2001, Débora passou para o SBT e atuou no seriado :”Chiquititas Brasil”. Nessa época morou em Buenos Aires, onde a novela era gravada. Foi depois chamada para a Globo e participou da novela: “O Clone”, em 2001. No mesmo ano fez outra novela:”Um Ano Caiu do Céu”. Em 2003, fez:”Agora É  Que São Elas”. E em 2004, fez a grande minissérie:”Um Só Coração”  e fez ainda a novela:”Senhora do Destino”. Em 2006, entrou na minissérie:”JK”e  nesse ano fez sua principal atuação, quando estrelou:”Sinha Moça”, novela que em sua primeira edição, consagrou a atriz Lucélia Santos no mesmo papel. Em 2007, Débora fez: “Duas Caras”. Em 2009, a minissérie “Som & Fúria”, e a novela “Escrito nas Estrelas”, em 2010. E em 2012, a atriz está protagonizando a personagem “Nina” na trama “Avenida Brasil” de João Emanuel Carneiro e todos esses trabalhos na teledramaturgia foram feitos na TV Globo.

 Débora Falabella também se consagrou em cinema. Em 2001, fez:”Françoise”.Em 2002:”Dois Perdidos Numa Noite Suja”, Em 2003, fez sucesso no filme : ” Lisbela e O Prisioneiro”, onde foi protagonista. Em 2004 fez dois filmes:”A Dona da História”e “Cazuza-O Tempo Não Para”. Em 2005 fez:”5 Mentiras”e em 2007:”Primo Basílio”.  E em 2009, “Doce Amargo”. 

Em teatro, Débora Falabella  fez em 2008:”A Serpente”; Noites Brancas” e “Continente Negro”.

De 2001 a 2008, Débora Falabella já recebeu 10 prêmios . Por  “Françoise” ganhou o Special Mential, no Première Brazil. Pelo mesmo papel ganhou ainda o Golden Kikito   e o Candango, como Melhor Atriz.  Por sua atuação em :”O Clone”ganhou  Atriz Revelação, no Domingão do Faustão. No Candango Trophy ganhou o Prêmio de Melhor Atriz, por sua atuação no:”Dois Perdidos Numa Noite Suja”. Por esse trabalho também ganhou o Prêmio de Melhor Atriz, no Cinema Brazil Grand Prize. Ganhou Melhor Atriz, pela Contigo, por  “Duas  Caras”. Além disso teve várias outras indicações. Ela é, portanto, considerada uma das melhores atrizes , dentre as jovens atrizes brasileiras.

 

Nota escrita por Bruno Arantes

“Avenida Brasil”: Patrocinador faz papel de Alexandre Borges mudar de profissão

 O personagem Cadinho, interpretado por Alexandre Borges na novela “Avenida Brasil”, mudou de profissão na trama por causa de um patrocinador.

Cadinho seria banqueiro, mas para não gerar conflitos com um banco que patrocina a novela, o personagem virou empresário.

No folhetim das nove, Cadinho é um bígamo que ainda arranjou uma terceira mulher e que vai gerar muitas confusões ao longo da história de João Emanuel Carneiro.

Extra

Resumão da semana

 

Nesta última semana, os telespectadores assistiram estreias, o fracasso da final do BBB 12 e ainda ficaram sabendo de contratações e surpresas na televisão brasileira.

Na segunda-feira (26/03) houve a estreia de “Avenida Brasil” com 37 pontos de média e o destaque desta trama ficou por conta da atriz Mel Maia que brilhantemente vem interpretando o papel da doce criança Rita. E ainda neste mesmo dia houve a grata surpresa da Rede Record, pois a mesma exibiu um compacto de “Rei Davi” às 21 horas e que garantiu-lhe boa audiência.

A minissérie bíblica teve outros resumos de seus capítulos até nesta quarta-feira (28) , porém na terça-feira (27) houve a reestreia da novela “Vidas Opostas” no horário nobre e que por sinal garantiu 13 pontos de média, ou seja, bem acima do que a série “C.S.I” marcava nesta mesma faixa.

O SBT decretou que “Pequena Travessa” será a substituta de “Pícara Sonhadora” até mesmo por questões estratégicas e “Corações Feridos” segue conseguindo picos de vice-liderança durante seu horário de exibição. E ainda há vários boatos nos corredores desta emissora em relação à volta de “Um Milhão na Mesa” para ocupar o lugar da atração dominical “Roda a Roda”,  já que “Vamos Brincar de Forca” não se saiu nada bem no domingo (25) cujo piloto foi exibido após o “Troféu Imprensa”.

O reality show “Big Brother Brasil” nesta última quinta-feira (29) encerrou a sua décima segunda edição com a sua menor audiência em relação às outras finais, ou seja, o seu diretor Boninho e toda a sua equipe deve esquecer e ainda preparar novidades para o próximo ano, já que a queda de público representa muito bem o que este mesmo pensa, pois se o “BBB 13” for tão morno e para como o deste ano de 2012, é preferível assistir as outras opções que estarão sendo exibidas no mesmo horário por outros canais ou até mesmo na TV Paga.

A emissora dos bispos deve ficar atenta às suas tardes pois nesta última sexta-feira (30), o programa “Tudo a Ver” chegou a perder feio para Rede Bandeirantes que no mesmo instantes apresentava Adriane Galisteu comentando a vida dos famosos no “Muito Mais”. E neste mesmo dia, a apresentadora Claudete Troiano “comandou” o seu último dia à frente da revista eletrônica feminina “Manhã Gazeta” da TV Gazeta sem direito a se despedir do seu público e esta última renovou a sua programação cujo início ocorreu nesta manhã de segunda-feira (2) com a estreia da atração “Revista da Cidade” que mostrará tudo que de fato envolva à maior metrópole do Brasil chamada São Paulo.

Enquanto alguns apresentadores saíram da televisão, outros voltaram, como por exemplo Gilberto Barros, conhecido como “Leão”, e que ficou famoso enquanto apresentava o programa “Leão Livre” na Rede Record, sendo que agora o mesmo foi contratado pela RedeTV! para apresentar aos sábados uma atração do mesmo formato do extinto “Sabadaço” que garantia sempre a vice-liderança isolada  à Rede Bandeirantes.

Sem contar que a novela “Corações Feridos” cuja autoria é de Íris Abravanel segue registrando boa audiência que até mesmo consegue a vice-liderança por diversos momentos enquanto é exibida.

E Para finalizar não pode esquecer da estreia de Emílio Surita e sua turma na emissora de Jhonny Saad ontem e ainda com ótima audiência, pois pucos décimos os separaram da vice-liderança durante o seu horário de exibição. Enfim, tudo isso representou a volta de uma boa opção à mesmice do “Fantástico” da Globo, às matérias polêmicas, apelativas e sangrentas do “Domingo Espetacular”, ao velho “Programa Silvio Santos” e ainda aos filmes antigos do “Cine Total” da RedeTV!.

Nota escrita por Bruno Arantes

Decadência

Vera Holtz e José de Abreu moram em lixão na Av. Brasil - Divulgação/TV Globo

A novela,  “Avenida  Brasil” promete muitas surpresas na caracterização de alguns personagens. A trama traz Vera Holtz, no papel de Lucinda, e José de Abreu, que faz o vilão Nilo.

Parte da novela é gravada em um aterro sanitário. Lucinda constrói seu  lar com restos que as pessoas jogam fora. No lugar, ela tem o apelido de mãe do lixo e em sua casa ela abriga várias crianças. É ela quem vai receber a menina que é deixada por lá e que será  fio condutor da trama. Quando ela cresce, revoltada com seu destinho, a jovem criado no lixão é interpretada por Debora Falabella.

As crianças que moram com Nilo não serão tão felizes. Por ele ser cruel, ele só pensa em se dar bem às custas dos pequenos.

Escrita por João Emanuel Carneiro, a nova trama das nove tem direção de núcleo de Ricardo Waddington. 

OFuxico