Val Marchiori posa com Silvio Santos durante gravação no SBT

Val Marchiori vai mostrar se é boa de adivinhação no Jogo das 3 Pistas, do Programa Silvio Santos, do SBT. A socialite grava sua participação no game nesta segunda-feira (25) e disputa com a modelo Kelly Gisch, namorada do nadador César Cielo.

Enquanto aguardava no camarim, Val tirou alguma fotos e as publicou em seu Instagram. Ela posa com sua adversária e também com Valesca Popozuda, que estava na emissora para uma gravação diferente. Claro, não deixou de posar ao lado do apresentador e dono da emissora, chamando-o de “meu ícone da TV brasileira”.

Val Marchiori grava quadro com Silvio Santos e posa com o apresentador

Val Marchiori grava quadro com Silvio Santos e posa com o apresentador

 

 

Barraco: Diretor do Gugu nega plágio e detona redator do “Domingo Legal”

Homero Salles, diretor geral do 'Programa do Gugu'

Homero Salles, diretor geral do ‘Programa do Gugu’

Uma nova acusação de plágio está movimentando os bastidores da TV.

Redator do “Domingo Legal”, Jorge Tadeu acusa o “Programa do Gugu” de plagiar seus roteiros do quadro “Lendas Urbanas”, exibido na atração do SBT desde a época em que Gugu Liberato apresentava – ele mudou de emissora em 2009.

Na Record, o “Novas Lendas Urbanas” já contou com 20 episódios em 2010 e neste ano reestrearam o formato com o episódio “A Flor do Cemitério”. Segundo Tadeu, trata-se de uma adaptação dele a um conto de Carlos Drummond de Andrade.

O SBT deve acionar seu departamento jurídico para cuidar do caso.

Outro lado

Procurado para falar sobre o assunto, Homero Salles, diretor do “Programa do Gugu”, não poupou críticas a Jorge Tadeu e detonou o redator.

“O cidadão Jorge Tadeu nunca foi redator de TV… Ele teve o azar/sorte de cair um avião na casa dele (é fato) e isso fez com que ele montasse um blog sobre acidentes aéreos… Eis que um belo dia eu o chamei para comentar o acidente da Tam e ele se saiu bem no ar. Pronto, o mosquito picou. A partir desse dia ele me infernizava pedindo, suplicando, implorando para trabalhar na TV. E eu dei a ele essa oportunidade… OK, virou redator iniciante de TV”, começou o diretor.

Homero continuou a história e contou como surgiu a ideia do quadro: “Quando eu tive a ideia de voltar com ’As Histórias de Pedro Malasartes’, a ideia evoluiu para ’Lendas Urbanas’. Então, chamei o Jorge e outros redatores para escrever, dei o tema e esperei o resultado, que foi catastrófico”.

O diretor prosseguiu no assunto e revelou que o primeiro episódio do “Lendas Urbanas” foi escrito por ele: “Eles rescreveram umas cinco vezes até o dia que cansado disso sentei no computador e escrevi sozinho a lenda da “Mulher do Baile”… O primeiro a ir ao ar!!! O segundo também não foi escrito por ele… A partir daí eles pegaram o jeito e ele escreveu alguns episódios sozinho e ou com parceiros… Mas assinava tudo (risos)”.

Homero Salles ainda destacou que o formato das “Lendas” é universal: “Vai dai que o dito cidadão escreveu um livro de Lendas e convenceu-se que é dono de um formato universal (risos)”.

Ele finalizou o assunto esclarecendo: “O quadro foi criado por nós, apresentado na TV pelo Gugu e não pertence a ninguém pois as Lendas são de domínio público”. Antes de se despedir no contato do NaTelinha, fez um pedido: “Peça por favor para esse ingrato ir lamber sabão (risos)”.

Jorge Tadeu foi também foi procurado para rebater as críticas, mas até o fechamento desta matéria ainda não retornou o contato. Tão logo o faça, a reportagem será atualizada.

 

Gretchen dá piti nos corredores da Record e assusta funcionários

Parece que Gretchen está num momento barraco de sua vida. A Rainha do Rebolado deu um show de  antipatia e de agressividade na sesgunda-feira quando foi gravar o quadro “Vale Tudo. Só não Vale Mentir”, do “Tudo É Possível”. A cantora queria escolher as jornalistas e as perguntas que eles fariam. Ao saber das questões e quem iria entrevistá-la, Gretchen começou a dar um piti nos corredores da emissora. “Eu toquei o sino e perdi R$ 2 milhões de ‘A Fazenda 5’. Não ligo de perder R$ 20 mil desse programa”, gritava. Tem gente afirmando que a dançarina ameaçou bater em algumas pessoas. Ela estava furiosa.

O barraco foi tanto que a direção do “Tudo É Possível” teve de intervir.  Atendeu alguns pedidos de Gretchen, mas não cedeu a todas exigências da dançarina. No fim, a cantora se acalmou, gravou sua participação e acabou perdendo R$ 5 mil porque não quis contar com quantos homens já havia transado.

Ah, ela repetiu que acha Penélope Nova falsa e também falou o mesmo de Léo Áquila. O curioso é que ela não comentou nada sobre Alexandre Frota (ele disse que a dançarina está parecendo o Coringa do Batman). Gretchen se limitou a dizer que não foi para a cama com  Frota. Será que ela ficou com medo dele?

A Fazenda 5: Reality da Record faz sucesso com a sinceridade dos peoes

Esta edição da “Fazenda” tem oferecido grandes momentos de diversão, especialmente por conta do (mau) humor e da verve da modelo Nicole Bahls, a maior causadora de confusão que já passou por um reality show. Nesta terça-feira, a discussão foi com a também modelo Robertha Portella. A primeira parte do barraco foi de tarde. Nicole mandou ver:

“Fui acusada por você de ter problema de cabeça. Isso é problema de Justiça, de advogado. Isso aí pode ser danos morais, você sabia? Você vai responder na Justiça. Isso para mim é danos morais. Alegar que uma pessoa tem problema de cabeça…  Agora, fala com a minha mão. Para mim você é a mais porca, a que menos faz serviço. Vai se maquiar, que você ganha mais. Vai rebolar para a câmera que é isso que você sabe fazer”

À noite, durante a votação, Robertha retribuiu todas as gentilezas ouvidas mais cedo:

“Já a vi ofendendo, discutindo ou gritando com pelo menos cinco pessoas que gosto e hoje me afetou diretamente. Ela vive falando pelos quatro cantos da casa que se o energético dela acabar, ela vai ficar maluca. E hoje eu usei essa expressão com a mesma conotação de maluca e louca que ela já usou para ela. E ela disse que ia me processar. Fiquei preocupada. Se ela realmente quiser processar todo mundo que já chamou ela de maluca aqui, ela já até tem os R$ 2 milhões.” 

Aguardo com ansiedade o próximo round.

Uol

Aguinaldo Silva anuncia: Furacões e mais mortes

Siga o Todo Canal no twitter, lá você pode vê as últimas informações da TV, as audiências em tempo real e muito mais em qualquer lugar. Acesse o nosso twitter clicando aqui!

Em entrevista ao site oficial de “Fina Estampa”, Aguinaldo Silva revelou que mais personagens irão morrer na novela. “Haverá mais mortes nos capítulos finais de Fina Estampa”, revelou, fazendo suspense sobre a identidade das vítimas: “Eu só não posso dizer quais são”.

O autor ainda adiantou mais detalhes que prometem agitar os momentos finais da trama. Entre as surpresas, está um furacão que irá atingir a Barra da Tijuca. “Seria um furacão de verdade, mas ainda quero acertar uns detalhes com a direção e a produção antes de decidir se vou realmente fazê-lo. Ele aconteceria nos momentos finais do último capítulo, e nele morreriam três pessoas, embora o cadáver de duas delas não venham a ser encontrados”, contou.

O último capítulo “Fina Estampa” está previsto para ir ao ar no dia 23 de março.

O Planeta TV!

Professor deixa gravação no SBT por baixo nível de programa

O professor da PUCRS e da UCS Wambert Gomes Di Lorenzo se envolveu em uma polêmica na gravação do “Quem Convence Ganha Mais” que aconteceu na tarde de ontem (01).

O intelectual, que foi convidado para falar a respeito do Projeto de Lei Complementar 122, que criminaliza a homofobia, reclamou do baixo nível da atração, ajustada para humilhar sua participação, contou em sua página no Twitter.

Wambert ainda disse que a plateia vaiava ou aplaudia conforme placas eram mostradas pela produção e que os jurados da atração não era isentos, além de perguntas pessoais e grosseiras que lhe foram feitas.

Depois do desconforto, o professor se retirou no meio da gravação, acionou um dos maiores escritórios de advocacia do país e entrará na justiça contra a emissora para revogar o direito ao uso de sua imagem.

Portal PS

RedeTV! é condenada a indenizar casal homossexual por discriminação no “Superpop”

super_pop_logo_novo

Portal Imprensa

A 2ª Vara Cível de Barueri condenou a RedeTV! a indenizar em 80 salários mínimos um casal de lésbicas que participou recentemente do programa “Superpop”. Na ação, a psicóloga Valéria Melki Busin e a servidora pública Renata Junqueira de Almeida alegaram que houve discriminação pela orientação sexual durante exibição do programa, comandado pela apresentadora Luciana Gimenez.

O casal disse que foi convidado a participar do programa para debater a homossexualidade e o preconceito enfrentado na sociedade. Segundo as duas – que são militantes do movimento LGBT ( Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis) – a discussão sobre o tema foi pautada por um “show bizarro”, com “clima hostil” à orientação sexual.

A ação também foi impetrada contra o advogado Celso Vendramini (participante do debate), acusado pelo casal de “trazer informações injuriosas” aos homossexuais em geral. Segundo a psicóloga e a agente pública, opiniões preconceituosas e comentários como “homossexuais deveriam viver entre duas paredes” foram levantados pelo convidado do programa.

Em defesa, a emissora alegou que o programa teve por objetivo “trazer aos telespectadores um melhor esclarecimento ao assunto” e que o casal participou sob livre espontânea vontade. A RedeTV! afirmou ainda que a discussão não foi premeditada e que as participantes poderiam ter solicitado se ausentar da polêmica.

O juiz Mário Sérgio Leite, responsável pelo caso, refutou a tese da emissora de que o debate não foi premeditado. “O programa já estava preparado para esse fim. Já no início as vinhetas apontavam para o tom do programa e, antes mesmo que o advogado Vendramini fosse chamado, foram lançados na tela os caracteres: ‘Barraco, Gays brigam para adotar filhos”.

Na ação, o juiz afirmou que houve excessos durante a exibição do programa. Segundo ele, os fatos não se limitaram a livre manifestação de pensamento, mas sim em comentários que violaram a honra e a imagem das convidadas. O resultado responsabiliza também a emissora pelas opiniões do advogado, participante do quadro do “Superpop”. A decisão é passível de recurso. A informação é do site Consultor Jurídico.

Christina Rocha ofende convidados no Casos de Família

christina_rocha_casos

O programa Casos de Família, do SBT, volta a surpreender em mais uma edição. Com o tema “Amor bandido, tempo perdido“, o programa desta segunda-feira (25) exibiu muito bate boca e um show de Christina Rocha ofendendo os convidados.Uma das convidadas não deixou sua irmã falar e ainda chamou as mulheres da platéia de mal-educadas e mal-amadas. Christina Rocha de imediato defendeu sua platéia e foi mais além, ofendeu a participante. Em um determinado momento, a apresentadora, aos gritos, se apróximou da convidada e disse: “Se você não deixar sua irmã falar, vou chamar o segurança para lhe tirar do palco”. A moça insistiu em falar e Christina irritou-se: “Segurança, olha ela aqui”.

Até que a mulher disparou: “Isso (o programa) é tudo rídiculo”. E Rocha rebateu: “Rídicula é você sua mal educada”.

Ainda no programa desta segunda-feira, em um outro caso que mostrou um marido alcoólatra que bateu na mulher, a apresentadora não deixou barato: “Eu achei que você era um pingussinho, mas é na verdade um sem-vergonha”.

AUDIÊNCIA

O Casos de Família segue em alta no SBT. O programa tem conquistado a vice-liderança na audiência em todas as suas exibições. Na sexta-feira (22), o programa registrou 6 pontos de média contra 4 da Record e 3 da Band.