Globo deve esticar ‘Cheias de Charme’ e adiar estreia de ‘Guerra dos Sexos’ para depois das eleições

A Globo deve anunciar oficialmente nos próximos dias que “Cheias de Charme” ficará no ar por mais tempo. A emissora resolveu dar mais capítulos à trama escrita por Felipe Miguez e Isabel Oliveira para evitar que “Guerra dos Sexos” estreie no período das eleições.

A nova versão do folhetim de Silvio de Abreu tinha lançamento previsto para 1º de outubro. O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 7 do mesmo mês. Com isso, a história de Cida, Rosário e Penha deve ganhar mais duas semanas no ar. Desde que começou a ser exibida, a novela levantou a audiência do horário, com índices em torno dos 35 pontos.

Nos bastidores da emissora, comenta-se que o mesmo deve ocorrer com “Avenida Brasil”, que tem repercutido fortemente. Tanto “Guerra dos Sexos” quanto “Salve Jorge”, próxima trama das nove, já estão sendo gravadas.

F5

FEBRE: ‘Cheias de Charme’ bate recorde na TV e na web

Lembra um pouco “A Rosa Púrpura do Cairo”, de Woody Allen, quando Jeff Daniels salta para fora da tela do cinema durante o filme, mas é “Cheias de Charme”, novela das 19h da Globo.

No folhetim, as empregadas Cida (Isabelle Drummond), Rosário (Leandra Leal) e Penha (Taís Araújo) aproveitaram uma saída da patroa, a estrela do tecnobrega Chayene (Claudia Abreu), para gravar em sua casa um videoclipe caseiro da música com a qual sonhavam fazer sucesso, a baladinha brega “Vida de Empreguete”.

Ao mesmo tempo em que o vídeo “vazava” na internet na história contada na novela, ele também entrou no ar no site de “Cheias de Charme”. “Viralizou” tanto na vida real quanto na ficção.

  Estevam Avellar/TV Globo  
Cida (Isabelle Drummond), Penha (Taís Araújo) e Rosário (Leandra Leal) em cena do clipe
Cida (Isabelle Drummond), Penha (Taís Araújo) e Rosário (Leandra Leal) em cena do clipe

Em sua primeira semana, a música –composta por Rosário na trama, mas escrita por Quito Ribeiro na vida real– rendeu mais de 8 milhões de acessos para a Globo.com, o braço na web das Organizações Globo.

“A novela está um passo à frente nessa busca de ter programação em todas as mídias”, explica à Folha a diretora de “Cheias de Charme”, Denise Saraceni.

Levando em conta apenas a TV, a trama sobre as empregadas que sonham em ser artistas –ou ir além do que já conseguiu conquistar a classe C– bate recordes.

Considerando seu primeiro mês, teve a maior audiência entre novelas das sete na Globo nos últimos cinco anos.

Para Saraceni, o sucesso “reforçou que existe esse público que vê a novela fora do horário [em outras mídias]”.

As respostas dos fãs da canção também pipocam nas redes sociais. No YouTube, há versões de “Vida de Empreguete” com crianças, personagens de videogame e montagens mil.

Ainda para aproveitar a repercussão virtual, a Globo lançou no domingo passado uma promoção no “Fantástico” para levar domésticas da vida real para dentro da tela da TV, por meio da internet.

O concurso “A Empregada Mais Cheia de Charme” vale uma participação na novela para quem tiver carteira assinada como doméstica.
Serão escolhidos os vídeos mais criativos de “aptidões artísticas”. Na lista do regulamento estão, por exemplo, dançar, cantar, recitar poemas, contar piadas e fazer mímica, entre outras.

 

F5