A pequena que quer ser gigante

 

A Rede Bandeirantes está está se “armando” para enfrentar uma concorrência cada vez mais agitada e as suas concorrentes surpresas com o investimento desta emissora, logo também seguem reforçando as suas programações com novidades e prováveis estreias.

O Grupo Bandeirantes de Comunicação cujo fundador foi o finado João Jorge Saad, hoje é “comandado” pelo filho deste último que é conhecido entre a mídia brasileira como Jhonny Saad, mas o que os grandes veículos da televisão brasileira não esperavam é o fato da sempre pequena e pacata quarta colocação no ranking do Ibope agora querer ser gigante.

A Rede Record, atual vice-líder na televisão aberta, e também o SBT, não esperavam que a contratação de Emílio Surita e sua turma que compõe o programa “Pânico” findasse e ainda estreasse com média de 10 pontos, já que a atração na RedeTV! estava em permanente declínio na audiência.

A Rede Globo afirmou por meio do seu presidente Roberto Irineu Marinho que a mesma não pretende exibir a “TV Globinho” durante a semana e sim apenas nos finais de semana, e como argumento foi explanado que a emissora líder não vê retorno comercial ao deixar esta atração em sua programação semanal e ainda complementou alegando que segue em debates para o “Programa da Fátima” ocupar este horário, mas enfim, a emissora de Silvio Santos está atenta ao público infanto-juvenil e agora a Band também entrou na briga para conquistar este e por isso segue adquirindo novos e clássicos produtos como séries e desenhos animados do canal Nickelodeon para esta faixa etária.

Na faixa de entretenimento, a televisão do Morumbi já veicula chamadas de novos programas para estrear ainda neste mês de Abril como o “Quem Fica em Pé?” cujo início se dará nesta próxima segunda-feira (9) no horário das 21 horas.

Em questão de eventos culturais nacionais, a Band adquiriu para este ano de 2012 os direitos de transmissão do “Festival de Parintins” e ainda a “Festa do Peão de Barretos”.

Enfim, a programação deste veículo televisivo comercial segue sendo preparada para agradar a todos os gêneros de público e percebemos que este objetivo em breve será alcançado e prova disso é a repercussão que as suas produções estão tendo perante aos brasileiros que ainda em sua maioria ainda assiste a TV Aberta, mas que está carente por novidades e o que comprova isso é que a própria televisão da Família Marinho presencia atualmente a sua liderança cair cada vez mais tanto por conta das outras emissoras abertas, quanto pela Internet, novas tecnologias, TV Paga e até mesmo pela mesmice que perdura a anos de todo o seu conjunto artístico e também afetando até mesmo as suas teledramaturgias que resumidamente representam o seu “carro-chefe” tanto para garantir faturamento quanto uma boa média consolidada para garantir o primeiro lugar e o seu posto de quarta maior do Mund0, sendo a maior de toda a América Latina.

Nota escrita por Bruno Arantes

Novo “Casseta & Planeta” vai aposentar tipos históricos

F5

Em abril do ano que vem, o sexteto do “Casseta & Planeta” volta ao ar sem as Organizações Tabajara, as paródias, as piadas inspiradas no noticiário e alguns personagens que marcaram época, como o empreendedor suburbano Seu Creysson.

Ao lado da trupe veterana estarão Maria Melilo, vencedora do “Big Brother Brasil 11”, e Miá Mello, ex-“Legendários” (Record). Maria Paula deixa de acompanhar os rapazes.

O novo programa, intitulado “Casseta & Planeta Vai Fundo”, interrompe o descanso de cerca de um ano da parceria entre Claudio Manoel, Hélio de la Peña, Beto Silva, Hubert, Reinaldo e Marcelo Madureira.

“Vamos fazer uma coisa mais autoral, a partir de determinados temas”, conta Claudio Manoel, eleito “porta-voz” do grupo. “Quem está no ar hoje continua fazendo o que a gente já fez. Não houve uma ruptura. Pelo contrário, esses programas nos homenageiam. Todo mundo é filho, é cria”, comenta ele, a respeito da “concorrência” de “CQC” (Band), “Pânico na TV” (Rede TV!) e companhia.

“Muita coisa que inventamos não valia a pena fazer de novo”, avalia Manoel, que assumiu, no início deste ano, o cargo de diretor de dramaturgia do “Fantástico”, a convite do então titular da função, Guel Arraes.

1×02 – Bastidores da TV

“Fina Estampa” a novela das 21h, é bem escrita, tem uma boa direção, peca em alguns detalhes que não convém comentar aqui. “Fina” é aquela novela clássica novelão, com argumentos, historias e com enredo. Só peço a Deus, ops ao Aguinaldo Silva que não faça a historia com barriga, já tivemos barriga de mais em novelas e de aluguel também….

Mágoas serão deixadas de lado em nome de uma boa causa. Ex-SBT, Hebe e Gugu participarão do Teleton.  A Record autorizou, e Gugu gravará uma participação no evento, que acontece nos dias 21 e 22 de outubro.


Já para que a RedeTV! liberasse Hebe, o SBT teve de fazer um agradinho. Luciana Gimenez e Daniela Albuquerque. Ambas vão participar. É mole esse jogo de empurra-empurra para fazer uma boa ação. Tem cada coisa que…

A reprise do “Projeto Fashion” anteontem, na Band, marcou só 1 ponto de audiência, o mesmo ibope da estreia, no sábado. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande São Paulo.
Disse ontem em primeira-mão que o autor Carlos Lombardi, que teve uma novela negada pela Globo foi visto na Record. Ele teve uma reunião no Rio de Janeiro, no Rec Nov no periodo da tarde, quer que eu conte mais detalhes??
O programa “A Tarde É Sua” deixará os estúdios da Rede TV! para voltar a ser gravado na produtora de Elias Abrão. Em termos de audiência está cravando 3 pontos.
Corações Feridos continua na gaveta do SBT. Não tem planos para exibir tão cedo, ia ao ar agora em novembro não vai mais. Talvez vai em Agosto, de Deus.


O programa “Mulheres”, da TV Gazeta, apresentado por Cátia Fonseca, comemora hoje 31 anos. Pioneiro no segmento feminino na TV.
Para marcar a data, haverá um especial com a dupla Maria Cecília e Rodolfo.

A Globo está com dor de cotuvelo por não exibir o Pan-Americano este ano. Não adianta negar, mais existe esse incomodo sim.


Gorete Milagres, no aguardo de um programa com Moacyr Franco no SBT, poderá, antes, gravar uma participação na novela “Carrossel”.

Para movimentar ainda mais a trama da nove, Aguinaldo Silva vai matar um personagem a cada mês. De acordo com integrantes do elenco, o autor já tinha avisado aos atores de que haveria uma morte a cada 30 capítulos. A primeira vítima foi Zilá (Rosa Marya Collyn), que no sábado passado teve o corpo encontrado misteriosamente na mata.

Nany People é convidada de hoje do programa ‘Agora é tarde’. Entãoooooooo!!!! Vai perder? 

Continua em alta o programa ‘Vida Melhor’, apresentado pela querida Claudia Ténorio na Rede Vida. Semana passada chegou a vencer a RedeTV! por 5 minutos.
A CNT em São Paulo continua no zero. Não sai disso.


Está chegando ao fim o reality-show, “A Fazenda”. Monique Evans e Dinei um deles deixa a atração hoje.

A estreia de “Um milhão na mesa” deu 8 pontos na sua estreia. Ficou em terceiro lugar.
Hoje no “Sr. Brasil”, Rolando Boldrin recebe ainda os convidados Katerina Polemi, de Londres, Inglaterra, e Moyseis Marques, do Rio de Janeiro – RJ.


Me siga no Twitter

@henri_beraldo


Especial “SBT 30 Anos – A História” (1ª Parte)

https://i0.wp.com/i52.tinypic.com/33keooj.jpg

Boa noite leitores do Todo Canal. Me chamo Marcos Paulo e com muita emoção e qualidade  irei exibir o Especial “SBT – 30 Anos de Tradição”, que será dividido em seis partes incluindo um Bônus “Silvio Santos – A Vida de um ícone”. Para iniciar uma série dedicada especialmente para o SBT, falaremos da história da emissora. Tudo você ficará sabendo a partir de 5, 4, 3, 2, 1!

https://i1.wp.com/i54.tinypic.com/63rtiq.jpg

Logos do SBT desde a sua estreia

A história do SBT começava em 1976, onde Sílvio Santos iniciou a operação do Canal 11 do Rio de Janeiro, denominada TVS, que era o atual SBT.

https://i1.wp.com/i53.tinypic.com/2gt6d69.jpg

Através da TVS onde sua programação era baseada em filmes e desenhos, começou a realizar seu sonho. No pequeno estúdio do bairro de São Cristóvão, começaram a ser produzidos os primeiros programas da TV de Silvio Santos.

O Sílvio foi em frente até obter uma concessão do governo federal e ser autorizado a assumir mais quatro emissoras que eram da rede Tupi: TV Tupi, TV Marajoara, TV Piratini e TV Continental.

História do SBT

Silvio Santos na inauguração da emissora

Exatamente no dia 19 de agosto de 1981 nascia o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), que entrou no ar imediatamente, inaugurando sua programação com a transmissão da assinatura de contrato entre Silvio Santos e o governo federal, representado pelo então presidente Ernesto Geisel e o Ministro das Comunicações, Euclides Quandt de Oliveira.

Logo depois  veio o “Reapertura”, o “Moacyr Franco Show”, “O Homem do sapato branco”, ” Povo na TV” e “Alegria”. O SBT alcançou rapidamente uma posição de destaque no quesito audiência, chegando a uma participação de 24% no seu primeiro ano de operação.

Chamada da década de 80 do SBT

O período compreendido entre 1983 e 1987, foi a fase definida como popular, foram apresentados os programas de Flávio Cavalcanti e Hebe Camargo, a série “Joana”, com Regina Duarte, a minissérie internacional “Pássaros Feridos”, estrelada pelo ator Richard Chamberlain e uma cuidadosa seleção de filmes de sucesso.

https://i0.wp.com/i54.tinypic.com/5n6dnb.png

Boris Casoy no TJ Brasil

De 1988 a 1990 passou a buscar qualidade e audiência através da contratação de profissionais como Boris Casoy, Jô Soares e Carlos Alberto de Nóbrega.

https://i2.wp.com/i54.tinypic.com/fkuuc8.png

No final da década de 80, o SBT entrou na quarta fase de sua existência, com as estréias dos programas “Aqui Agora”, “Programa Livre”, “Jô Onze e Meia”, e a participação no jornalismo de nomes como Bóris Casoy, Alberto Tamer e Hermano Henning. Consolida-se a “A Praça é nossa”, “Cinema em Casa” e o Núcleo de Dramaturgia, cujo maior sucesso foi a novela “Éramos Seis”.

Momento épico: revista publica foto de Silvio Santos careca

O SBT entrou nos anos 90 com 21% de participação em audiência e um faturamento de quase 140 milhões de dólares.

Estava terminando a  fase do sacrifício…

Complexo Anhanguera

Surge então em 1995 o Complexo Anhanguera, grande passo para a concretização do Projeto SBT Ano 2000.

Instalado no quilômetro 19 da Rodovia Anhanguera em um terreno de 231 mil metros quadrados, sendo 62 mil de área construída, o Complexo Anhanguera é a verdadeira “Cidade de Televisão”.

Através de um investimento de 120 milhões de dólares, o SBT dotou sua nova sede de toda infra-estrutura necessária para garantir a qualidade de produção: equipamentos de última geração, restaurante, lanchonete, agência bancária, loja de conveniência, barbearia, ambulatórios médico e odontológico, estacionamento e transporte interno. São 2500 pessoas que circulam diariamente pelo Complexo Anhanguera.

SBT exibiu as Copas do Mundo de 1990, 1994 e 1998

Transmissões de eventos fazíam sucesso: “Oscar”, campeonato mundial de Fórmula Indy, Copa do Brasil de futebol, jogos da seleção nacional e Copa do Mundo. O Campeonato Mercosul é transmitido com exclusividade pelo SBT.

Carlos Massa, o Ratinho que é um dos principais apresentadores da emissora

Um momento recente e marcante foi a contratação do Carlos Massa para apresentar o seu “Programa do Ratinho.

Nesta sexta (19/08) a emissora completa 30 anos de vida na história da televisão brasileira com muitas vitórias e comemorações. A emissora que é a terceira maior rede de TV do país, tem muitos bons motivos para celebrar seus 30 Anoss. São 105 emissoras afiliadas que cobrem mais de 96% dos lares com TV, uma programação diversificada com 24 horas de entretenimento para adultos e crianças, que atinge mais 182 milhões de telespectadores e um casting de primeira com apresentadores, atores, jornalistas e outros profissionais.

O SBT abriu na semana passada um promoção via Twitter onde os fãs, podem ganhar ítens dos principais artistas da emissora. Já saíram ítens como a gravata do Carlos Nasimento, o Blazer da Karyn Bravo, uma Camisa do Ratinho entre outros objetos pessoais.

Esta foi a primeira parte do Especial “SBT – 30 Anos de Tradição” e em breve tem mais. Ainda teremos as partes: Novelas, Formatos extrangeiros, Apresentadores (as), Programas, Chaves e o Bônus “Silvio Santos – A história de um Ícone” que serão exibidos na íntegra nesta mês, somente aqui no Todo Canal!

https://i2.wp.com/i56.tinypic.com/21erod5.png

Confira a próxima novidade do Todo Canal!

https://i1.wp.com/oi54.tinypic.com/x3we9l.jpg

Robson Batista: A TV brasileira nua e crua

programas da tardeDesde que iniciou a televisão brasileira o “tele-barraco” também conhecido como “mundo cão” manteve seu espaço nas grades de emissoras. De certa forma não pode ser negado como também afirmado que se manteve bem, mas está aí até hoje em rede nacional. Baixaria tem espaço na televisão, algumas vezes com mais “classe” em matérias de jornais (de todos), como o Jornal Nacional, onde mostram tiroteios, morte e mais tudo o que tem de direito para arrancar atenção de telespectadores. Consegue transmitir ao mundo o seu pior, a dita “realidade”, afinal, jornal é isso. Chega a tal ponto que noticiários tornaram sinônimo de tiroteios, acidentes, assassinatos e por aí vai…

As novelas não escapam de serem exemplos. Realities. Boa parte da programação diária da tarde. São muitos os casos vistos hoje, que entretém muito bem o publico brasileiro e duvido que alguém, que enxergue bem, negue está informação. Contudo, existem os enganados, pessoas iludidas por emissoras, falsamente acreditam que seus queridos apresentadores, queridos sim, amam tanto que os colocam em suas orações e preces. Cegos acreditam que eles estão ajudando o povo por bondade, apenas assistencialismo bruto, não gastam um só centavo de seus bolsos com o povo. Estratégias de imagem como esta os tornam milionários, pagam o conforto de suas mansões, carros importados, iates e todo o luxo de suas vidas tão caras. Dá tão certo quanto abrir uma igreja.

Brigas em realitys são sempre garantidas em edições compactas

Brigas em realitys são sempre garantidas em edições compactas

O drama da vida real mais uma vez em nossa história é comercializado sem discriminação nenhuma e sem menor atenção é mostrado diariamente por audiência. Como sempre a vida humana manteve seu custo ridículo, manteve, pois nunca houve mínimo valor. Seja na televisão. Em hospitais públicos. Cadeias. Escolas públicas. Em algum lugar há atenção a pessoa ou ao telespectador? Se existe não conheço. Um dia desses foi presenciado uma morte em rede nacional, por volta das cinco da tarde em uma tentativa de reanimação feita por bombeiros em um acidente de carro. Em que ponto chegou as emissoras por audiência! O indivíduo para estas não tem direito nem a uma morte particular, anônima, afinal, já morreu mesmo, tem que servir pelo menos para dar audiência. A tevê brasileira é isso, sem menor exagero ou sensacionalismo.

Quem é competente não precisa dessas artimanhas para ter uma boa colocação no ibope, é conhecido por todos ótimos exemplos de sucesso e pessoas realmente capazes.

Todo Canal aprova: Leitura Dinâmica na RedeTV

leitura-dinamica_aprovado

Por Raphael Costa

A atual grade de programação da RedeTV não possui grandes atrativos, poucas atrações trazem um conteúdo criativo, que se preocupe com a saúde mental de seus telespectadores. Entre esses raros programas destaca-se o interessante Leitura Dinâmica apresentado pela sempre bela e competente Renata Maranhão. O telejornal apresenta uma linguagem pouco explorada pela TV brasileira, a âncora comanda o jornal em pé, apenas com narração em “off”, as notícias são apresentadas de forma clara, com extrema objetividade. Renata ainda faz sutis comentários a cada pauta que varia de economia à celebridades. Quer ficar bem informado no seu final de noite fugindo do engessado estilo de se fazer telejornal? Acompanhe o Leitura Dinâmica de segunda a quinta às 23h45 e sexta à 00h. O Leitura Dinâmica também poussui uma versão matutina de 30 minutos exibida de segunda a sexta às 8h30 da manhã.